Falar com especialistas - Comprar um imóvel na Riviera Francesa

Falar com especialistas - Comprar um imóvel na Riviera Francesa

Escritório familiar Rosemont Mónaco SAM Fornece informações sobre a compra de imóveis na Riviera Francesa em 2021/22

imobiliário riviera francesa

Em períodos de grandes mudanças e alterações nos mercados globais em todos os sectores, os investidores ficam curiosos para saber como podem proteger e aumentar as suas carteiras. O sector imobiliário sempre foi um segmento importante de qualquer carteira de investimento e continua a ser fortemente influenciado pelas mudanças e desafios que enfrentamos atualmente. 

 

O sector imobiliário da Riviera Francesa temO mercado imobiliário de Lisboa sempre foi único, na medida em que apenas 62% das casas são residências primárias. O fascínio e o encanto desta parte do mundo têm atraído investidores internacionais desde há décadas, com a sua beleza inigualável, a sua arte e cultura altamente conceituadas e a sua capacidade de corresponder perfeitamente a um estilo de vida luxuoso. No entanto, a questão é: será esta uma boa altura para comprar um imóvel na Riviera Francesa? E, em caso afirmativo, quem o pode ajudar a tomar a melhor decisão para si e para a sua família. 

Pedimos às pessoas de confiança escritório familiar profissionais da Rosemont Mónaco SAM para responder a uma seleção de perguntas frequentess, a fim de o ajudar a navegar melhor no mercado imobiliário da Riviera Francesa.

A equipa qualificada do Rosemont Monaco SAM oferece um serviço integrado que abrange várias áreas de interesse para os clientes. Ajudam a orientar as famílias em todos os meandros, desde o planeamento fiscal e patrimonial até à gestão do estilo de vida, o que significa que os seus clientes podem ter a certeza de que o seu legado continuará vivo mesmo nos momentos mais difíceis. 

 

Rosemont responde às suas perguntas sobre a compra de imóveis na Riviera Francesa

+ O que é que os compradores estrangeiros de primeira viagem devem saber antes de comprar um imóvel no Sul de França?

escritório familiar a sul de frança

Qualquer cliente que adquira um imóvel (residencial ou comercial) em França pode ver-se confrontado com um conjunto cada vez mais complexo de questões fiscais, regulamentares, sucessórias e jurídicas.

Lembrar: comprar um imóvel é um passo muito importante e é sempre mais fácil estruturar a sua compra de imóveis no início do que alterá-la mais tarde. Faça um plano e cumpra-o.

  1. Escolher um corretor de imóveis fiável. Esta é a pessoa em quem confia para garantir que a sua transação é finalizada da melhor forma. Deve ter um bom conhecimento das questões técnicas de uma compra de imóveis e deve efetuar todas as diligências necessárias para a compra do imóvel (por exemplo, abrangendo questões de título, urbanismo e construção). Devem acompanhar a transação em seu nome do princípio ao fim. Não tenha pressa em fazer uma boa escolha.
  2. Não se dê ao luxo de ter um consultor fiscal e jurídico para o ajudar durante todo o processo de compra. Assegurarão que todas as fases da compra são preparadas com bastante antecedência e seguidas conforme acordado consigo. Se os envolver no processo mesmo antes de ser feita qualquer oferta, não se arrependerá, porque o processo de compra pode ser cheio de complicações.

O trabalho de todos os organismos profissionais envolvidos no processo de aquisição dependerá destas duas escolhas. Cada uma delas dispõe de conhecimentos e competências essenciais e trabalhar em conjunto para os seus interesses.

A Rosemont International pode fornecer um serviço personalizado e feito à medida, desde o planeamento da compra até à finalização de uma possível venda ou durante todo o período de propriedade do imóvel.

 

+ Quais são os 5 conselhos mais importantes para os investidores imobiliários internacionais no sul de França? 

5 dicas para investidores imobiliários internacionais no sul de França

Todos os actos relativos à compra de um imóvel situado em França devem ser lavrados de forma autêntica, ou seja, por um notário francês. Este princípio é atenuado no caso de uma aquisição indireta, através da compra de acções de uma sociedade que é proprietária do imóvel.

  1. Entre as obrigações do notário, conta-se a de informar o comprador sobre as regras aplicáveis em matéria de urbanismo, nomeadamente no sul de França, devido aos condicionalismos do litoral (servidões, direitos de passagem, greves de alinhamento, etc.).
  2. Todas as transacções imobiliárias (directas ou indirectas) estão sujeitas a um imposto de registo em França, cuja taxa se situa entre 5,09% e 5,8% para as vendas directas, consoante os departamentos, e 5% para as vendas de participações em sociedades imobiliárias.
  3. Todos os rendimentos relativos a imóveis situados em França (rendimentos ou mais-valias) são tributáveis em França em quase todas as situações, nos termos da legislação francesa e das convenções fiscais internacionais.
  4. Para além das facturas de serviços de utilidade pública de um imóvel (eletricidade, seguros, etc.), a propriedade de um imóvel em França no dia 1 de janeiro de um ano fiscal implica automaticamente o pagamento da contribuição predial. Este imposto predial é completado por um imposto de habitação que pode ser cobrado ao inquilino em caso de aluguer.
  5. Em França, a propriedade de bens imobiliários com um valor líquido (ou seja, após dedução de despesas específicas) superior a 1,3 milhões de euros está sujeita ao imposto sobre o património a uma taxa entre 0,5% e 1,5%.

O guia gratuito de Rosemont sobre a propriedade de bens imobiliários em França está disponível mediante pedido.

 

+ O quê propriedades em torno de Mónaco atrair o interesse dos seus clientes?

family office propriedades atractivas mónaco

Dada a configuração económica e urbana do Mónaco, a grande maioria das aquisições imobiliárias é de apartamentos. No entanto, o perfil da nossa clientela permite-lhe procurar imóveis com uma superfície superior a 100m², correspondendo a apartamentos de 5 quartos ou mais.

Também temos muitos clientes que decidem investir em imóveis de luxo nos arredores do Mónaco (Saint-Jean-Cap-Ferrat, Cap d'Antibes, Cannes, Mougins, Beaulieu-sur-Mer, Villefranche-sur-Mer, etc.).

 

+ O quê imóveis à venda em Saint Tropez atrair o interesse dos seus clientes?

imóveis para escritórios em casa à venda no mónaco

Em Saint Tropez, é sobretudo a reputação do local que motiva as compras. Os nossos clientes investem em moradias de luxo junto às praias de Pampelonne ou, para aqueles que querem anonimato e tranquilidade, no interior, em locais como La Garde-Freinet ou Plan-de-la-Tour, em propriedades remotas rodeadas por vinhas e pelas colinas de Maures.

 

+ Que entidade jurídica aconselharia a constituir antes da primeira compra de um imóvel na Riviera Francesa por parte de um cliente?

Os nossos conselhos dependem sobretudo da nacionalidade, mas também dos desejos dos nossos clientes.

No caso de uma estruturação em França, orientamos normalmente os nossos clientes para a S.C.I. (société civile immobilière) ou para a S.A.R.L. de famille (sociedade de responsabilidade limitada para a família), consoante o imóvel seja ou não arrendado posteriormente.

No Mónaco, dada a facilidade de constituição e de administração, a SCP (société civile particulière) é a mais comum. 

A SCP do Mónaco pode ser utilizada para a compra de bens imobiliários em França.

SCP ou SCI? Para os não residentes em França, a SCP terá interesse para o planeamento patrimonial a longo prazo. De acordo com a nossa experiência, cada aquisição é única e os conselhos devem ser adaptados às especificidades de cada caso.

 

+ É possível oferecer alugueres de férias de curta duração a partir de um imóvel adquirido com um SIC?

Claro que sim, alugueres de temporada na Riviera Francesa são possíveis através de um SIC/SCP. Mas a SCI/SCP pode então não ser certamente a estrutura adequada. Com efeito, a atividade de aluguer de mobiliário torna a estrutura (originalmente transparente, ou seja, cujo rendimento é tributável ao nível do acionista) sujeita ao imposto sobre o rendimento das sociedades. 

A principal desvantagem desta situação é que a empresa será obrigada a registar uma "renda presumida" nas suas contas, correspondente ao período de ocupação do imóvel pelos seus accionistas. Por outro lado, o valor do imóvel pode ser amortizado durante o seu período de utilização.

Em suma, o facto de estar previsto um arrendamento sazonal deve ser antecipado, a fim de prever todas as consequências fiscais que daí advêm.

 

+ Quais são os problemas jurídicos e administrativos a que os compradores internacionais que adquirem um imóvel na Riviera Francesa devem estar atentos?

problemas administrativos escritório em casa imobiliário riviera francesa

Existe uma enorme variedade de atractivos imóveis na Riviera FrancesaO processo de compra é razoavelmente simples, com assistência especializada para evitar erros comuns. O processo de compra é razoavelmente simples, com assistência especializada para evitar as armadilhas mais comuns. É difícil mencionar todos eles, mas aqui ficam alguns:

  1. O contrato de compra e venda:

O contrato é assinado no início da transação. Inclui geralmente várias condições precedentes que, se não forem cumpridas, permitem ao comprador rescindir o contrato num determinado prazo e o depósito será devolvido. Normalmente, a venda pode estar sujeita ao facto de o comprador obter um financiamento adequado ou à confirmação da regularidade do edifício.

2. Relatório do inspetor e relatórios obrigatórios:

Aconselhamos a contratação de um perito em imóveis franceses para elaborar um relatório sobre a estrutura e, se necessário, sobre as questões de planeamento.

3. Estruturação da compra:

A propriedade de um imóvel pode ser direta, mas existem questões fiscais e de direito sucessório francês que podem tornar preferível a propriedade através de uma empresa.

 

+ Que papel desempenham os Family Offices na seleção e compra de um imóvel de luxo?

O escritório familiar cA oncept foi criada no início dos anos 1900 por famílias sediadas nos EUA para supervisionar a gestão do seu património. Com o crescimento das famílias ricas, desenvolveu-se um escritório multifamiliar que permitia a várias famílias partilhar os benefícios de um escritório familiar.

Escritório unifamiliar:  Pode ser prestado apoio à família numa vasta gama de assuntos através da centralização da administração e da elaboração de relatórios. O gabinete pode ocupar-se das necessidades práticas da família em questões como a organização de viagens, a gestão dos bens familiares, incluindo a gestão de propriedades, e as reuniões familiares e a governação.

Escritório multifamiliar: Para os indivíduos ou famílias que pretendam usufruir das vantagens de um family office, mas que não pretendam criar e gerir o seu próprio family office ou que não considerem que os custos de gestão de um family office se justifiquem, existe a alternativa de contratar um multi-family office.

Como o nome sugere, um escritório multifamiliar administra e gere os assuntos de várias famílias. 

Assim, tendo em conta tudo o que foi dito acima, podemos dizer que a escritório familiar é um consultor independente a uma família/famílias, supervisionando a gestão de activos, incluindo investimentos imobiliários. A equipa do family office pode ajudar a encontrar as propriedades ideais para os seus clientes. Trabalharão com empresas imobiliárias conhecidas e corretores independentes, procurando negócios privados de acordo com os pedidos dos seus clientes e pré-seleccionando propriedades de acordo com os seus desejos. O valor acrescentado de um family office é uma abordagem de balcão único em que o cliente poupa tempo - o bem mais precioso atualmente!

 

+ Quais são as vantagens de recorrer a um Gabinete Familiar?

As vantagens são numerosas, na medida em que os clientes dispõem de uma equipa dedicada de peritos que trabalham especificamente para eles, reduzindo a necessidade de contratar peritos terceiros. Em especial, quando se trata de um escritório multifamiliar, pode evitar-se o investimento de tempo e as despesas de uma família para criar a sua própria entidade específica, bem como o custo e a responsabilidade contínuos do funcionamento do escritório, garantindo simultaneamente todas as vantagens de um escritório familiar específico.

Para além da centralização da administração e dos relatórios relativos aos bens da família e às entidades onshore e offshore, existem as seguintes vantagens práticas:

  • Aconselhamento por um leque mais alargado de profissionais com formações diversas, com experiência na coordenação de outros conselheiros.
  • Partilha de ideias resultantes da resolução de problemas de várias famílias. 
  • Negociar poupanças de custos com fornecedores financeiros (por exemplo, gestão de investimentos, custódia, custos de negociação) beneficiando de economias de escala.

Gostaria de saber mais? 

O domínio dos Family Offices baseia-se na confiança; confiança de que o património da família está protegido para as gerações futuras. É por esta razão que é pertinente escolher o prestador de serviços perfeito para satisfazer as necessidades únicas de cada família. 

Para mais informações sobre os serviços prestados pelo Rosemont Monaco SAM, visite o seu sítio Web: https://rosemont-mc.com/en 

Deixar uma resposta

O seu endereço de correio eletrónico não será publicado.